Pular para o conteúdo principal

Trick Eye Museum - Dica de turismo em Hong Kong

Minha carreira de pseudo-blogueira finalmente está rendendo frutos! Semana passada eu fui convidada para conhecer o Trick Eye Museum, um museu onde as ‘obras de arte’ são 3D e interativas! Ou seja, a diversão está em ser parte da obra que, através de ilusões de ótica e diferentes perspectivas criam efeitos super legais quando você tira fotos!

O primeiro Trick Eye Museum foi aberto em 2010 em Seoul, na Coréia do Sul e desde então se espalhou por diversas cidades na Ásia. Pesquisando mais, eu descobri que o museu utiliza uma técnica conhecida como ‘Trompe-l’oeil’, que consiste em pintar pisos e paredes para dar a sensação de continuidade a um espaço e criar novas paisagens em lugares fechados. A novidade do museu é aliar essa técnica à construção do efeito 3D por meio de perspectiva forçada. Parece complicado, mas nas fotos dá para ver bem como funciona!


Subindo pelas paredes!

Na era das mídias sociais, o Trick Eye é um passeio imperdível pra quem gosta de tirar fotos engraçadas e criativas para compartilhar (e ganhas muitas curtidas)! Você pode olhar, encostar e até subir nas pinturas – isso faz parte da diversão!

Socorro!
Algumas obras tem referências a pintores e artistas ja consagrados mundialmente, enquanto que outras exploram paisagens típicas de Hong Kong. Muitas são simplesmente malucas, haha!


Sobrevivendo a uma verdadeira explosão artistica! Ha... ha... ha...

O Trick Eye Museum fica no Peak Galleria, o shopping que fica no alto do Victoria Peak, um dos principais cartões postais da cidade. Visitar o museu é uma parada bem-vinda para quem visita o Peak, dá para descansar um pouco e tirar fotos incríveis!

Levitando!

Quem manda aqui agora?
O Trick Eye Museum fica aberto o ano inteiro, de segunda à domingo, das 10 da manhã até as 9 da noite. Para mais informações, basta visitar o site trickeye.com/hongkong/ ou a página do museu no Facebook!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Negócios na América Latina / Doing Business in Latin America

Como somos umas das poucas empresas especializadas em negócios com a América Latina em Hong Kong, é normal que meus chefes sejam convidados para dar palestras e participar de eventos de instituições do governo, consulados, etc. Essa semana o chefão, Mr. Wong, foi convidado para apresentar um breve discurso sobre cultura de negócios na América Latina.
Mas claro que dessa vez sobrou pra mim e eu fui a selecionada para preparar o discurso! O que é extremamente cansativo, uma carga extra para todo o trabalho que eu já tenho normalmente. Apesar disso, eu gosto de escrever os discursos. Pelo menos é uma chance de me atualizar sobre assuntos realmente importantes e eu posso escrever 'maomeno' o meu ponto de vista.
Naquelas, já que o chefe faz várias alterações. De qualquer maneira, hoje resolvi postar o discurso que eu escrevi. A versão apresentada pelo Mr. Wong não é a mesma abaixo, eu tentei fazer com que essa versão voltasse a ter o "meu estilo" para poder colocar aqui …

Viver em Hong Kong - O guia!

Estou de volta!
Aliás, nunca abandonei este meu belo blog, mas vários motivos de força maior me impediram de escrever nos últimos 6 meses, incluíndo preguiça e outras coisas mais importantes, como formatura, viagens, e até uma mudança de emprego! Mas sempre estive aqui, na boa e velha Hong Kong...
Nesses meses recebi vários emails de brasileiros que tem interesse de morar em Hong Kong e saber mais sobre a vida aqui. Para unir o útil ao agradável, resolvi dar uma ajuda e reunir algumas informações bem úteis para quem está interessado em vir passar uma(s) temporada(s) aqui.
Regra número 1 - Hong Kong não é China!
Eu já falei isso várias vezes aqui no blog, mas viver em HK é totalmente diferente de morar na China. Um exemplo: brasileiros podem vir pra HK a turismo sem precisar de visto e ficar aqui até 90 dias. Já para a China, brasileiros precisam sim de visto! Me empolguei e até fiz uma tabela com as diferenças mais marcantes entre HK e China:
Hong KongChinaPreciso de visto?NãoSimIdio…

Top 10: comida de rua de Hong Kong

Se tem uma coisa que o povo aqui de Hong Kong adora é comer fora! Porém, com um estilo de vida tão atarefado, familias normalmente pequenas e apartamentos ainda menores, poucas pessoas tem tempo e disposição para cozinhar em casa. Além disso, Hong Kong oferece uma variedade enorme de opções gastronômicas para todos os gostos e bolsos, então normalmente é bem fácil encontrar restaurantes para matar a fome depois de um longo dia de trabalho.
Mas quando você quer comer algo rápido, o que você faz? Vai na padoca, pede um pão de queijo com pingado e segue com sua vida? A resposta (obviamente) é não. Mas quando falamos de lanches e comida de rua, Hong Kong oferece uma infinidade de opções que vale a pena provar! Algumas comidinhas são apenas para os mais corajosos, como vocês vão ver na lista abaixo, mas HK tem coisas deliciosas que já fazem parte do meu cardápio, haha!


Como curiosidade, listo abaixo 10 comidas de rua super interessantes de Hong Kong (em ordem aleatória). Importante mencio…